Quantcast
Saúde Oral

Check-ups dentários em crianças britânicas desce 50% em 2020

O número de check-ups dentários em crianças no Reino Unido desceu 50% em 2020. As piores taxas ocorrem entre as crianças mais jovens.

O número de check-ups dentários em crianças no Reino Unido desceu 50% em 2020, avança o Dentistry. Os novos dados do serviço nacional de saúde britânico mostram que as piores taxas de consultas ocorrem entre as crianças na categoria etária mais jovem.

Menos de 470.000 consultas ocorreram entre os menores de 5 anos em 2020, marcando uma queda de 60%. Em 2019, quase 1,2 milhões foram ao médico dentista.

Da mesma forma, o número de menores de 15 anos que frequentaram o consultório dentário diminuiu para 2,9 milhões, de 5,8 milhões. Como resultado, menos de três em cada dez crianças foram submetidas a check-ups dentários.

Os principais especialistas sugerem que a falta de ida a consultas nos primeiros anos pode levar a uma geração em risco de perda de dentes futura. Os últimos dados mostram que já é a razão mais comum para as crianças entre os cinco e os nove anos de idade serem internadas no hospital. Os números de admissão são o dobro do número de crianças que sofrem de amigdalite aguda.

Estes números surgem numa altura em que se discute a possibilidade de taxar o açúcar e o sal no Reino Unido.

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde oral?