Quantcast
Médicos Dentistas

Cerca de 40% dos jovens médicos dentistas portugueses faz consultas gratuitas

Cerca de 40% dos jovens médicos dentistas portugueses faz consultas gratuitas

O Conselho dos Jovens Médicos Dentistas (CJMD) realizou um inquérito, durante o mês de março, aos jovens profissionais, que permitiu saber que mais de 90% dos jovens exercem no setor privado, “cerca de 40% admitem fazer consultas gratuitas e 30% admitem mesmo fazer atos gratuitos nas clínicas onde trabalham”. Os resultados, informa a Ordem dos Médicos Dentistas (OMD) em nota do site, foram apresentados durante o encontro “Saúde Oral – Avaliar a pandemia, projetar o futuro”, que assinalou o Dia Mundial da Saúde Oral.

A médica dentista Mónica Pereira Lourenço, membro deste conselho e do Conselho Diretivo da OMD, revelou que este inquérito traduz a “precariedade profissional”, acrescentando ainda que “falamos de desigualdades de acesso por parte da população e do trabalhador”.

Neste estudo, o CJMD questionou ainda os jovens, que responderam praticar atos gratuitos, se tal prejudicava a qualidade do tratamento e cerca de metade disseram que “sim”, “inclusive que sentiam pressão para sobretratamento”. O conselho considera esta situação muito preocupante e afirma que merece “repensar o que se quer para a saúde oral no futuro”.

Auscultação à classe feita pela OMD

Os primeiros dados da auscultação mais recente da OMD à classe reforçam os resultados do inquérito.

“Cerca de 75% dos jovens foram despedidos, sofreram uma diminuição do horário, consideraram que houve uma diminuição do número de consultas ou, ainda, sofreram uma diminuição do valor pago/percentagem auferida”, revela o presidente do CJMD, Telmo Ferreira. “De entre os inquiridos que afirmam ter sido despedidos, 45% têm até 30 anos de idade”, esclarece também o médico dentista.

O responsável afirma que é necessária uma “reflexão intergeracional detalhada acerca da integração dos jovens médicos dentistas no mercado de trabalho”. E esse é um dos vários objetivos delineados pelo CJMD para defender o “futuro da profissão”.

CJMD

“Elaborar um retrato dos jovens médicos dentistas de Portugal, que espelhe as diferentes regiões do País e realidades de inserção no mercado “, bem como proceder ao “levantamento nacional das maiores dificuldades e necessidades” de quem entra no mercado ou exerce há poucos anos, são algumas das metas estabelecidas pelo Conselho dos Jovens Médicos Dentistas (CJMD).

Integram o CJMD, os médicos dentistas Telmo Ferreira (presidente), Filipe Leitão Moreira (vice-presidente), Catarina Duarte, Cristiano Tomás, Miguel Oliveira, Miguel Pessanha, Mónica Pereira Lourenço, Natália Costa, Rita Cardoso Rocha, Sofia Belchior e Tiago do Nascimento Borges.

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde oral?