Médicos Dentistas

Calor e EPI – como podem as equipas dentárias manter-se frescas

Calor e EPI – como podem as equipas dentárias manter-se frescas

O novo coronavírus trouxe uma nova realidade a todos, principalmente aos setores ligados à saúde, entre os quais estão também os profissionais de saúde oral. Parte dessa nova realidade é a utilização de equipamentos de proteção individual (EPI), que visam a proteção dos profissionais e também dos pacientes. Contudo, a utilização de EPI torna-se mais difícil durante o verão com a exposição ao calor, reduzindo a capacidade do corpo de evaporar o suor e evitando a perda de calor.

Nesta fase de pandemia, não é possível reduzir o vestuário ou o EPI para se adaptar às condições do ambiente de trabalho.

Partilhamos assim algumas dicas da Public Health England (PHE) para ajudar os locais de trabalho a lidar com a subida da temperatura. A entidade está a encorajar as equipas a planear antecipadamente práticas para o tempo mais quente e para evitar o stresse térmico.

10 dicas para gerir o stresse térmico:

  1. Avaliar o risco de sobreaquecimento no local de trabalho e considerar quaisquer medidas de controlo que possam ser utilizadas.
  2. Considerar primeiro as medidas de controlo coletivo. Por exemplo, remover ou reduzir fontes de calor sempre que possível.
  3. Consultar o plano de ondas de calor do país onde se encontra.
  4. Faça pausas regulares e encontre um lugar fresco, se possível.
  5. Mantenha-se hidratado. A coloração e odor da urina pode revelar sinais de desidratação, caso esteja mais escura ou com odor forte deve ingerir mais líquidos.
  6. Estar consciente dos sinais e sintomas do stresse térmico – boca seca, sede, urinar com pouca frequência, desmaios e cãibras musculares.
  7. Não espere até começar a sentir-se indisposto antes de fazer uma pausa.
  8. Iniciar um sistema com os colegas para identificarem sinais de stresse térmico uns nos outros.
  9. Tente manter-se fresco entre os turnos para permitir a recuperação do seu corpo.
  10. Recomenda-se também que os locais de trabalho aumentem o fornecimento de EPI durante os meses mais quentes para preparar o pessoal para mudar de EPI mais frequentemente.