Quantcast
Investigação

Aumentar durabilidade de obturações dentárias é o objetivo de um novo projeto alemão

Aumentar durabilidade de obturações dentárias é o objetivo de um novo projeto alemão

Investigadores e profissionais de medicina dentária de instituições em Potsdam e Berlim, na Alemanha, estão a desenvolver um projeto que quer tornar as obturações dentárias e as restaurações de dentes mais resistentes no futuro.

Em comunicado, divulgado pelo Dental Tribune International, o líder do grupo de investigação do Departamento de Biomateriais do Max Planck Institute of Colloids and Interfaces (MPICI), Cécile Bidan, explica que “juntamente com colegas de medicina dentária da Charité [clínica dentária em Berlim], vamos estudar como os biofilmes mineralizados interagem com materiais de enchimento artificial. Em última análise, este conhecimento ajudará a conceber tais materiais para evitar a deposição de cálculo dentário ou tártaro”.

Para alcançar os seus objetivos, as equipas vão combinar ferramentas de engenharia de materiais com abordagens da pesquisa dentária. Dessa forma, querem melhorar os materiais de restauração dentária existentes.

O projeto chama-se InterDent e é uma colaboração entre o Planck Institute of Colloids and Interfaces, a clínica dentária de Charité—Universitätsmedizin Berlin, o Technische Universität Berlin e Helmholtz-Zentrum Berlin für Materialien und Energie (Centro de materiais e energia Helmholtz, em Berlim).

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde oral?