Quantcast
Médicos Dentistas

As razões que levam os pacientes norte-americanos a mudar de médico dentistas

Um novo inquérito realizado pelo Dentalinsurance.com revelou as principais razões que levam os pacientes norte-americanos a alterarem o médico dentista que os acompanham. As críticas à saúde oral dos pacientes e os custos foram algumas das razões, avança o Dentistry.

Mais de metade dos pacientes (53%) indicou uma ou mais preocupações que os fariam mudar de médico dentista. A razão mais comum foi o facto de o profissional estar fora dos planos de saúde que o paciente possuí. As mulheres relataram mais este fator que os homens (34% contra 26%).

Também no fator relacionado com as críticas feitas à sua saúde oral, as mulheres (14%) relataram mais essa razão que os homens (7%).

Outro fator que mais mulheres relatam que os homens é o dos custos, sendo que 52% são mais capazes de admitir que custos menores levariam a uma mudança que os homens (12% contra 8%).

Apesar do medo relacionado com o dentista ser comum entre os pacientes, a falta de sedação foi a razão menos comum para mudar de médico, com apenas 7,5% a relatarem esse fator.

“Muitas clínicas dentárias ainda sofrem do menor volume de pacientes e perda de receitas causadas pela pandemia da covid-19. Isto torna a retenção de clientes ainda mais importante para a sua estabilidade financeira. Os resultados deste inquérito a nível nacional fornecem um guia importante para os esforços dos médicos dentistas para manter os seus clientes existentes”, considera o analista do inquérito e especialista em cuidados de saúde, Kev Coleman.

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde oral?