Quantcast
Saúde Oral

Alunos do ensino privado abrangidos por programa de saúde oral

A atualização do Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral (PNPSO) prevê o alargamento a crianças e jovens do ensino privado.

A atualização do Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral (PNPSO) prevê o alargamento a crianças e jovens do ensino privado. Nomeadamente para o período entre 2021 e 2025 está previsto que seja alargado “a todas as crianças e jovens com idades compreendidas entre os 7 e os 18 anos, independentemente da escola ou instituição que frequentem”, avança o Jornal de Negócios.

Está também prevista uma intervenção preventiva aos quatro anos de idade, “a quem passa a ser atribuída referenciação para consulta de higiene oral nas unidades de cuidados de saúde primários ou são atribuídos até dois cheques-dentista”.

Além das novidades já referidas, está previsto o reforço das ações de promoção da saúde e da literacia em saúde oral nas consultas de vigilância da gravidez, de saúde infantil e juvenil e de medicina geral e familiar, assim como nos jardins-de-infância, escolas e instituições da área de abrangência do agrupamento de centros de saúde.

As medidas, como o alargamento aos alunos do ensino privado, estão vigentes no despacho com a data de 18 de maio de 2021, assinado pelo secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, publicado em Diário da República.

 

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde oral?