Quantcast
Tecnologia

Opinião|A importância de criar conteúdos genuínos na era digital

O marketing digital tem evoluído de forma notável ao longo dos anos. São muitas as empresas que têm crescido de forma categórica por terem apostado em conteúdos originais, conseguindo mostrar-se como uma marca diferente, em plena era digital. 

No mundo do marketing digital, tal como no da arte, o que é autêntico é valorizado. O original supera sempre a cópia. Quem vive com autenticidade é o líder que constrói o seu caminho, enquanto os outros são seguidores que seguem o trilho criado, aproveitando o caminho aberto. É importante ter isso em mente, quando se faz uma aposta no marketing digital.

Conteúdos originais

As marcas que promovem conteúdos autênticos e de qualidade tornam-se influenciadoras e criam um grupo de seguidores expressivo e distinto que nunca poderá ser repetido por quem não produz conteúdos originais. 

A criação de conteúdo original, personalizado, com a identidade própria da marca é o caminho que deve traçar quem se pretende evidenciar num universo extremamente competitivo. Todos os conteúdos devem ser 100% autênticos.

Deve ser-se rigoroso na informação disponibilizada, com uma descrição completa e minuciosa do produto/serviço. Todas as publicações, todas as informações disponibilizadas, todos as fotos, vídeos, podcasts, e-mail marketing, e-books e infográficos devem ser originais.

O discurso e a identidade

Uma marca original tem uma estratégia bem delineada, um discurso distinto, uma ideologia. Todas as manifestações nas redes sociais, todas as publicações e todos os conteúdos criados devem ser coerentes com a identidade criada. 

Nunca se deve copiar informação de nenhum site da concorrência, por exemplo. Há muitas razões para sustentar a tese de que fazer isso é um erro. Entre elas, estão as redes sociais, repletas de utilizadores que aproveitarão esse momento infeliz, esse erro crasso, para ridicularizar a empresa.

Não haverá misericórdia e qualquer erro, nesse sentido, poderá destruir o trabalho feito até então. Além disso, em termos de SEO, tal também se pode revelar nefasto, causando danos que levam muito tempo a reparar.

Bancos de imagens

Como tudo na vida, há vantagens e desvantagens em todas as opções, pois quando se escolhe algo, está-se sempre a preterir outra coisa em função dessa escolha tomada.

Entre os erros mais comuns, estão os bancos de imagens. Há, naturalmente, vantagens em recorrer a bancos de imagens gratuitos, nomeadamente o facto de ter conteúdo visual, fácil acesso a imagens de qualidade e possibilidade de economizar tempo e dinheiro. 

Mas, também, existem desvantagens nos bancos de imagens gratuitos e são elas que devemos encarar com toda a atenção. Recorrer a bancos de imagens é um erro frequentemente cometido. Uma aposta que é feita por falta de conhecimento ou por falta de verbas. As imagens presentes nos bancos de imagens gratuitos acabam por ser repetidas por diversos sites. Portanto, qualquer empresa que aposte nelas está a revelar falta de autenticidade.

Além disso, nos bancos, não irá encontrar fotos mais específicas em cada categoria (algo que pode acontecer nos bancos de imagens pagos), havendo ainda a condicionante das limitações no uso em determinadas imagens. É importante ter em conta que nem todas as imagens disponibilizadas num banco de imagens podem ser usadas para qualquer fim. É preciso ter em atenção as instruções de uso descritas em cada imagem.

Há mensagens claras sobre o assunto presente nas páginas dos bancos de imagens. Devemos, por isso, estar conscientes das desvantagens destas opções. O que é feito na era digital “fica para sempre”. Logo, optar pelo caminho mais fácil, pode acabar por manchar o trajeto.

Falta de autenticidade

A falta de originalidade, ao recorrer a algo que muitos escolhem, pode fazer com que as mesmas imagens acabem por surgir noutros sites com os mesmos fins. Uma clínica, que use um banco de imagens, irá provavelmente utilizar imagens que também estão a ser usadas pelos sites da concorrência.

Assim, um potencial cliente que procure informações, por exemplo, sobre clínicas dentárias, irá deparar-se com algumas fotos que são autênticas e outras que recorrem aos mesmos conteúdos e revelam falta de autenticidade. Instituições semelhantes que usam as mesmas imagens ou os mesmos modelos irão gerar desconforto entre clínicas e desconfiança nos potenciais clientes.

Produção de fotografias e de vídeo

É um processo longo, trabalhoso, implica investimento e só deve ser feito, se for bem executado e realizado por pessoas especializadas no assunto. Se existir tempo, capacidade de investimento e qualidade de conteúdo produzido por pessoas competentes, então não há dúvidas de que a produção de conteúdo original é a melhor opção.

É muito mais valioso, para uma clínica ou consultório, partilhar no seu site imagens do próprio estabelecimento, do que usar imagens “fabricadas”, frias, distantes e sem qualquer valor emocional que ligue o cliente ou potencial cliente à clínica ou consultório. 

É certo que é necessário recorrer a pessoas competentes e a bons materiais e equipamentos, o que implica tempo e dinheiro. Mas vale a pena, pois, quando é concebido por especialistas, é sempre realizado algo genuíno, com qualidade, que consegue capturar a essência da clínica ou do consultório, o que cria proximidade com as pessoas. Essas, depois de chegarem à clínica ou consultório, irão reconhecer o mesmo pois, anteriormente, já o tinham visto em imagens no seu site.

Originalidade

Qualquer marca deve pretender evidenciar autenticidade. Uma marca só se distingue se tiver uma personalidade única e original. Isso requer muito trabalho, esforço, determinação, capacidade de investimento e recurso a pessoas competentes e especializadas. 

É, por isso, necessária a cooperação de vários elementos da equipa, pessoas a pensar no mesmo fim, para criar uma identidade distinta, com conteúdo autêntico. É indispensável formar uma equipa competente que evite caminhos fáceis, frase feitas, clichês, imagens de bancos gratuitos, conteúdos copiados e, assim, ter pessoas que “remem para o mesmo lado”, no sentido de criar um plano estruturado e consolidado que ligue a marca a uma identidade.

Uma persona, com uma linguagem própria, com um discurso adequado, com conteúdos autênticos, com uma mensagem pensada, com um propósito é o que se pretende. Depois, todos os conteúdos criados, nas mais variadas plataformas e sob quaisquer meios, devem demonstrar coerência com esse plano traçado.

O marketing digital é um universo extremamente competitivo, no qual só se distingue quem revela autenticidade, criatividade, engenho, inovação e talento. Só lidera quem arrisca propor um caminho e segue essa proposta com determinação. 

Os outros limitam-se a seguir “como ovelhas o pastor”, que é o único que sabe para onde vai. A melhor forma de uma empresa indicar o caminho é rodear-se de competência, ter produtos originais e formar uma equipa de qualidade.

Se precisa de reforçar a sua equipa com pessoas especializadas em marketing digital, há quem tenha o know-how necessário para fazer a diferença, no que diz respeito a conteúdos originais.

Se pretende esclarecer dúvidas, evitar erros ou saber mais informações acerca deste ou de outros assuntos da área do marketing digital, contacte a Constant Circle. Terá uma equipa competentíssima e devidamente preparada para ser o parceiro de que precisa.

*Nuno Gonçalves é cofundador da Constant Circle e da Doctorino. Este artigo foi publicado originalmente no blogue da primeira empresa, que se assume como um estúdio de consultoria digital.