Investigação

Próteses dentárias mal colocadas podem ser fator de risco para o cancro oral

prótese dentária

As próteses dentárias mal colocadas, largas ou demasiado apertadas, que causam irritação da mucosa oral, podem ser um fator de risco para o cancro oral. A conclusão é de um grupo de investigadores do Departamento de Oncologia da Cabeça e do Pescoço do Tata Memorial Centre, em Bombaim, na Índia, um país em que o cancro oral é um dos tipos de cancro mais comuns na população, causando cerca de 50 mil mortes todos os anos.

O consumo de tabaco, bebidas alcoólicas, uma má alimentação, o papiloma vírus humano e negligenciar a higiene oral são frequentemente apontados com fatores de risco para o cancro oral, mas o estudo agora publicado vem sugerir que o trauma crónico na mucosa oral pode também ser um importante fator associado à doença, nomeadamente próteses dentárias pouco adequadas ao paciente e implantes dentários.

Para chegar a esta conclusão, os investigadores analisaram 22 artigos científicos que descrevem o papel da irritação crónica da mucosa oral no desenvolvimento de cancro oral. As conclusões a que chegaram mostram que a irritação crónica da mucosa oral, causada por próteses dentárias pouco adequadas ou mal colocadas no paciente, pode ser considerada um fator de risco para o cancro oral.

Conheça o estudo em detalhe aqui.