Investigação

Periodontite: novo estudo diz que pode ser sinal de diabetes tipo 2

periodontite

Um estudo recentemente publicado no BMJ Open Diabetes Research & Care sugere que a periodontite pode ser um indicador de diabetes, doença que afeta cerca de 29 milhões de pessoas nos Estados Unidos da América. De acordo com os autores do estudo, investigadores da Universidade de Amesterdão, uma das melhores medidas para fazer um diagnóstico precoce da doença seria realizar testes de glicémia nas consultas médico-dentárias, com recurso ao teste da picada do dedo.

No âmbito deste estudo, foram analisados dados referentes a 313 pessoas pacientes numa clínica dentária da universidade holandesa. Destes, 126 possuíam doença da gengiva moderada, 78 sofriam de periodontite severa e 198 não apresentavam sinais de doença da gengiva.

Os resultados do estudo mostram também que os participantes com periodontite tinham índices de massa corporal (IMC) mais elevados do que os restantes pacientes observados, com um IMC médio de 27. Por outro lado, fatores de risco para a diabetes como pressão arterial elevada e colesterol elevado mostraram-se semelhantes nos diversos grupos analisados, marcando presença em cada um deles.

Além disso, segundo os resultados, os pacientes que os casos de periodontite mais severos revelaram-se também aqueles com os níveis de HbA1c mais elevados, um indicador que analisa os níveis médios de açúcar presentes no sangue.

Conheça o estudo em detalhe aqui.