Investigação

O que têm a periodontite e a artrite reumatoide em comum?

Human mouth after dental treatment - clean of tartar.

A possível relação entre as doenças periodontais e a artrite reumatoide é reconhecida há vários anos por diversos investigadores, com diversos estudos a indicarem que as pessoas com artrite reumatoide têm maiores probabilidades de sofrer de doenças das gengivas do que as que não possuem a doença.

Um estudo alemão indicava, inclusive, que as taxas de prevalência de periodontite são oito vezes superiores em pessoas com artrite reumatoide e que os níveis de periodontite são mais severos e envolvem graus mais elevados de perda dentária do que nos casos de pessoas sem a patologia.

Além desta conclusão foi também já publicado um estudo que demonstrava que pode existir uma relação entre a genética e estas condições inflamatórias, já que ambas as doenças partilham alguns biomarcadores inflamatórios. Um estudo israelita revela que o marcador genético HLA-DR4 é frequentemente encontrado em pessoas com artrite reumatoide e em 80% dos pacientes com periodontite.

Mas será que ambas as doenças partilham o mesmo estímulo para se desenvolverem? Richard H. Nagelberg, médico dentista norte-americano, referia recentemente num artigo publicado na publicação Dental Economics que “já houve muita investigação entre as diferentes relações entre a doença periodontal, a artrite reumatoide e as bactérias”, indicando que pode detrás da relação entre as patologias podem estar as bactérias que as espoletam.

Por outro lado, os estudos mais recentes mostram já que o controlo dos sintomas da artrite reumatoide com fármacos ‘anti-reumáticos’ e medicação biológica podem também melhorar os sintomas de doenças periodontal em muitas pessoas.

Contudo, o que todos os investigadores que já estudaram o tema indicam é que é preciso analisar mais a fundo a relação entre as patologias, nomeadamente para que seja possível encontrar uma cura.