Estética Dentária

Paulo Monteiro convidado para representar Portugal na ESCD

European Society of Cosmetic Dentistry

O médico dentista Paulo Monteiro foi convidado para representar Portugal na European Society of Cosmetic Dentistry (ESCD), como Portuguese Chairperson. À SAÚDE ORAL, o médico dentista confessou que “tudo o que puder fazer pela Medicina Dentária portuguesa além-fronteiras nunca será pouco e será sempre um prazer”. Planos futuros? Trazer o congresso anual da organização para o país.

“A nomeação/convite surgiu por parte do Presidente da ESCD, o colega Florin Lazarescu, que me enviou o repto para ser o responsável/representante da sociedade em Portugal. Apesar da responsabilidade, aceitei com muito prazer mais esta tarefa. Tudo o que eu puder fazer pela Medicina Dentária Portuguesa além-fronteiras nunca será pouco e será sempre um prazer”, refere.

O cargo para o qual foi nomeado – Portuguese Chairperson – implica ser o representante da organização em Portugal, o que significa que será o responsável pela “divulgação das atividades da Sociedade pelos colegas portugueses e pela planificação e realização de atividades científicas em Portugal no âmbito da Estética em Medicina Dentária, com o propósito da divulgação dos avanços nesta área pelos colegas.”

Sobre o convite que agora lhe foi endereçado, o médico dentista refere que “para ser sincero esperava que, mais tarde ou mais cedo, me convidassem para integrar a Sociedade. Isto pelo trabalho que tenho tentado realizar dentro e fora de Portugal na área da estética dentária e a visibilidade que tenho também fora de Portugal.”

O médico dentista acredita que esta nomeação pode ser uma oportunidade de divulgar o trabalho dos médicos dentistas portugueses fora de portas: “sempre digo que a Medicina Dentária estética portuguesa nada deve às outras demais. Temos dos melhores profissionais do mundo, dos mais apaixonados por esta arte e ciência. Seguramente que utilizarei todos os recursos ao meu dispor para divulgar a excelência da nossa Medicina Dentária, bem como o trabalho dos colegas portugueses.”

Os objetivos de Paulo Monteiro passam agora por se inteirar “do funcionamento e regulamentação da ESCD e depois elaborar um plano de trabalho para os próximos anos. Em maio terei oportunidade de ter algumas reuniões com os responsáveis de outros países e indagar das atividades e trabalho realizado por eles. Seguramente que haverá bons exemplos a seguir. Mas uma das decisões que pretendo e pela qual vou lutar é trazer para Portugal a curto/médio prazo o Congresso Anual da ESCD, que atualmente é um dos mais conceituados na Europa e traz atrás de si colegas de todo o mundo. O meu compromisso é ajudar a por definitivamente Portugal no topo da Medicina Dentária Estética.”