Investigação

Pastilhas elásticas podem ajudar a poupar milhares de milhões em despesas de saúde oral

Model.

Mascar pastilhas elásticas sem açúcar diariamente pode ajudar a poupar cerca de 3,3 mil milhões de libras anuais em despesas de saúde oral relacionados com o tratamento de cáries dentárias. A conclusão é de um publicado no American Journal of Dentistry e que, de acordo com a Oral Health Foundation, indica que as cáries dentárias e outras doenças orais estão entre as doenças mais globais mais caras de tratar.

E apesar de serem altamente preveníveis, as cáries dentárias continuam a afetar entre 60 a 90% das crianças em idade escolar e quase 100% dos adultos de todo mundo, o que faz com que seja tão urgente encontrar novas formas de prevenir a doença que tem custos ‘astronómicos’ para os sistemas de saúde de quase todos os países do mundo.

O estudo, disponível online, faz uma análise económica do impacto do consumo diário de pastilhas elásticas sem açúcar, mostrando que tipo de poupanças pode trazer para 25 países industrializados que serviram de modelo nesta análise.

Os resultados agora conhecidos sugerem que são precisas novas estratégias preventivas para suplementar as medidas já colocadas em prática de forma a reduzir o risco de cáries dentárias e para melhorar a saúde oral da população. Nesse sentido é sugerido que as pastilhas elásticas sem açúcar sejam promovidas como medidas preventivas na mesma medida em que são promovidos outros comportamentos de higiene oral.

De acordo com a Oral Health Foundation, “mascar pastilha elástica sem açúcar aumenta a produção de saliva, o que pode ajudar a eliminar as partículas de comida e restaurar os níveis ótimos de PH de forma mais rápida. Estes benefícios podem ajudar a prevenir cáries dentárias, o que pode trazer enormes poupanças para os sistemas de saúde.”