Saúde Oral

Todos os centros de saúde terão pelo menos um dentista até 2019

Todos os centros de saúde terão pelo menos um dentista até 2019

Todos os agrupamentos de centros de saúde do país terão pelo menos um médico dentista até 2019. Em declarações ao Jornal Económico, o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo, revelou que nos próximos dois anos cerca de 30 dentistas vão reforçar o Serviço Nacional de Saúde (SNS).

“Estamos finalmente a integrar a medicina dentária dentro das valências do SNS e a dar uma resposta que não existia”, revelou o secretário de Estado, acrescentando que as pessoas em situação de vulnerabilidade social “tinham [até aqui] um bloqueio no acesso à medicina dentária”.

Ainda este ano serão colocados mais de metade dos dentistas que faltam e os restantes serão colocados no primeiro semestre de 2019. Isto significa que ao longo deste ano serão colocados nos centros de saúde cerca de 15 dentistas, no âmbito do projeto que está em marcha em parceria com a Ordem dos Médicos Dentistas e algumas autarquias do país.

Para Fernando Araújo “é um desígnio e uma enorme força de vontade que o Governo tem, trabalhando com a Ordem dos Médicos Dentistas, com os municípios e com a Direção-Geral de Saúde tenho confiança que o vamos conseguir atingi”.

Atualmente, já 24 agrupamentos de centros de saúde em Portugal contam com consultas de medicina dentária graças a um projeto piloto que se iniciou em 2016 nas regiões do Alentejo e Lisboa e Vale do Tejo. O projeto já permitiu que 39 mil utentes do Serviço Nacional de Saúde tivessem acesso a consultas de medicina dentária, num total de 57 mil tratamentos.