Estudo

Telemedicina dentária é bem vista pelos pacientes, revela estudo

A telemedicina é já uma realidade noutras áreas da saúde, mas, de acordo com um estudo da plataforma de pesquisa de mercado DentaVox, os pacientes também já estão recetivos a consultar um dentista via smartphone ou computador.

O estudo, que foi realizado na Holanda, indica que 78% das 421 pessoas consultadas afirmaram haver grande probabilidade de recorrerem a este serviço nos próximos cinco anos. No geral, a pesquisa revelou uma atitude positiva dos pacientes em relação à telemedicina dentária sob a forma de consultas, cuidados médicos, follow-up e informações prestadas remotamente.

Mais de metade dos participantes no estudo, 54,9%, afirmaram que a telemedicina dentária iria beneficiar especialmente a população ativa, crianças e pessoas com deficiência. De facto, dois dos motivos apontados para a preferência por esta opção prendem-se com a possibilidade de serem ‘vistos’ por um médico dentista sem sair de casa e de poderem consultar um profissional online quando não têm outra forma de acesso, por exemplo, se morarem a grande distância de uma clínica.

Quase metade dos inquiridos (42,7%) disseram que a telemedicina dentária pode ser útil para todos e só 2,4% afirmaram não ver a sua utilidade.