Saúde Oral

Identificada possível ligação entre obesidade e doença periodontal

Mulheres com periodontite têm mais probabilidade de desenvolver cancro da mama?

Já se sabia que havia uma relação entre a doença periodontal e os AVC ou até a diabetes, mas agora, um estudo de uma universidade no Ohio afirma que há uma relação entre a obesidade e a doença periodontal.

A publicação Review of obesity and periodontitis: An epidemiological view, publicada no British Dental Journal, investigou o efeito da obesidade no cuidado periodontal não cirúrgico e avaliou potenciais correlações entre a obesidade e a doença periodontal.

De acordo com Andres Pinto, coautor do estudo e professor de medicina oral e maxilofacial na Case Western Reserve University School of Dental Medicine, a obesidade e periodontite são semelhantes, pois são ambas causadas por inflamação.

Depois de examinarem vários estudos já existentes, os investigadores relacionaram certos sintomas da obesidade, nomeadamente o aumento do índice de massa corporal, o perímetro da cintura e a percentagem de gordura corporal com um aumento do risco de doença periodontal. Foi assim que concluíram que as mudanças na química corporal afetam o metabolismo, que por sua vez, causa inflamação.

“A doença periodontal ocorre em pacientes mais suscetíveis à inflamação – que também são mais suscetíveis à obesidade”, disse Pinto ao Dental Tribune. “Os profissionais de saúde oral precisam de estar cientes da complexidade da obesidade para aconselharem os seus pacientes sobre a importância de um peso adequado e da manutenção de uma boa higiene oral”, acrescentou.

Pinto referiu também que são necessários mais estudos para examinar a relação entre as duas doenças, já que atualmente não há evidências suficientes para recomendar mudanças no planeamento do tratamento.

“Há um pensamento, do ponto de vista clínico, de que se tratarmos uma das questões, ela pode impactar a outra”, disse, reforçando que “esta é a grande questão. Por exemplo, se tratarmos a obesidade com sucesso, será que a doença periodontal terá impacto ao ponto de ser clinicamente relevante quando comparada com a população de controlo?”.