Saúde Oral

FDI diz que doença periodontal deve ser prioridade nas políticas mundiais

FDI diz que doença periodontal deve ser prioridade nas políticas mundiais

A World Dental Federation (FDI) quer que a doença periodontal seja uma área prioritária na política mundial. A organização publicou recentemente dois documentos onde alerta para a necessidade de combater uma doença que afeta já cerca de 50% da população mundial.

“A doença periodontal – ou doença da gengiva como é mais conhecida – é uma das doenças mais comuns, que afeta até 50% da população adulta do mundo. Esta é uma doença que deve ser encarada com seriedade, especialmente porque sabemos que ela tem uma relação significativa com outros problemas de saúde. Devemos procurar estratégias de prevenção, que sejam promovidas pelos profissionais de saúde oral e de saúde em geral”, sublinha Kathryn Kell, presidente da FDI.

Um relatório técnico recentemente publicado pela FDI define um plano de ação para a prevenção e controlo da doença periodontal e tem como objetivo ajudar os profissionais de saúde oral a estabelecer objetivos que possam contribuir para a implementação de campanhas de combate a esta doença.

A doença periodontal é uma das doenças orais mais comuns, apesar de ser prevenível. A patologia começa frequentemente como gengivite (inflamação das gengivas) e pode progredir para periodontite (destruição de tecidos e ossos que dão suporte aos dentes).