Responsabilidade Social

Dentistas preparam nova missão após 300 tratamentos em São Tomé e Príncipe

Um grupo de dentistas portugueses da Associação de Beneficência para a Saúde Oral Torreense (ASOT) atendeu cerca de 200 pacientes e realizou perto de 300 tratamentos dentários na sua primeira missão em São Tomé e Príncipe, realizada no mês passado. Hoje foi anunciado que o grupo vai regressar ainda este mês para uma segunda missão.

A iniciativa decorreu no Hospital Ayres de Menezes e no Centro Policlínico de Água Grande, e contou com sete médicos dentistas e uma assistente dentária. O presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, que estabeleceu recentemente um acordo de cooperação com o distrito são-tomense de Água Grande, também acompanhou a primeira missão.

A ASOT iniciou um projeto em São Tomé e Príncipe com o objetivo de dar consultas e formação para melhorar as condições de saúde no país, realizando uma missão por mês, por um período de cinco anos.

Em declarações à agência Lusa, a presidente da associação e médica dentista, Helena Rosa, afirmou que em São Tomé e Príncipe existem três dentistas para 200 mil habitantes e que as práticas de saúde oral passam “pela extração de dentes em crianças e adultos, não há esterilizações de material e faltam equipamentos e instalações”.

A associação estabeleceu parcerias com os ministérios da Saúde e do Trabalho e Solidariedade de São Tomé e Príncipe, e caberá ao Governo referenciar as instituições com as quais a ASOT vai cooperar.

O projeto Smile tem como finalidade promover a qualidade dos cuidados preventivos e primários de saúde oral, bem como o seu acesso à população mais carenciada. O projeto pretende, também, contribuir para a formação dos profissionais e adequar das infraestruturas, com o objetivo, de numa segunda fase, munir o Hospital Dr. Ayres de Menezes com equipamentos de medicina dentária.

O acordo prevê, igualmente, programas de prevenção para a melhoria da saúde oral junto de comunidades desfavorecidas, intercâmbios e a cooperação entre associações e entidades dos dois países.