Investigação

Costuma agarrar na mão dos pacientes? Saiba que pode reduzir a dor

Costuma agarrar na mão dos pacientes? Saiba que pode reduzir a dor

Agarrar na mão de um paciente favorece a sincronização das ondas cerebrais e pode ajudar a aliviar a dor. A conclusão é de um estudo realizado por investigadores da Universidade do Colorado, nos Estados Unidos da América, e da Universidade de Haifa, em Israel, e mostra que agarrar na mão de um paciente permite sincronizar a respiração, o ritmo cardíaco e as ondas cerebrais do paciente.

Os resultados do estudo mostram também que quanto maior a afinidade com as pessoas maior a sincronização das suas atividades elétricas e maior o alívio da dor, o que, de acordo com os investigadores, “ilustra o poder e a importância do contacto humano”.

Este é o primeiro estudo a conseguir provar a sincronização das ondas cerebrais em contexto de dor e a revelar um possível efeito analgésico do contacto físico. Conheça o estudo em detalhe aqui.