Eventos

Congresso Internacional de DTM e DOF já tem programa disponível

FMUP organiza Congresso Internacional de Disfunção Temporomandibular e de Dor Orofocial

O IV Congresso Internacional de Disfunção Temporomandibular (DTM) e Dor Orofacial, que se realiza nos dias 6 e 7 de outubro na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP), já divulgou o programa, que volta a contar com a participação de especialistas nacionais e internacionais.

De acordo com a organização, a disfunção termoporomandibular “é uma patologia com elevada prevalência, sendo importante objeto de estudo e discussão por vários profissionais de saúde, desde médicos-dentistas, estomatologistas, cirurgiões maxilo-faciais, cirurgiões plásticos, médicos de medicina geral e familiar, fisiatras, fisioterapeutas, entre outros.”

O evento irá contar com a presença de nomes como Jay P Shah, MD; Eduardo Miyashita DDS; Richard Ohbach, DDS; Rafael Martin-Granizo, MD; e António Sérgio Guimarães, DDS; que irão centrar atenções em temas como:

  • Etiologia da DTM – Os Estudos OPPERA;
  • Evolução do diagnóstico de DTM – Parte I: The times they are a changin’
  • O essencial em imagiologia na DTM;
  • Artrite idiopática juvenil com envolvimento da ATM;
  • Toxina botulínica no controlo da dor miofascial;
  • Artrocentese ATM e Viscosuplementação;
  • Cirurgia Ortognática e DTM;
  • Fraturas condilares em idade pediátrica;
  • Cirurgia minimamente invasiva da ATM – Como, quando e porquê;
  • Artroscopia da ATM: Desafios e complicações;
  • Má prática e iatrogenia;
  • Aspetos psicológicos da dor;
  • Reabilitação oral de doentes com DTM;
  • Automedicação – um problema constante nos doentes com DTM/DOF;
  • Evolução do Diagnóstico de DTM – Parte II: Próximos passos, colaborações internacionais e ligação entre etiologia e tratamento.

As inscrições estão abertas e têm um custo de 175 euros para médicos dentistas, médicos especialistas e outros profissionais de saúde, de 150 euros para sócios de sociedades científicas, de 100 euros para médicos internos, estudantes de pós-graduação e recém-licenciados e de 50 euros para estudantes de pré-graduação.

Saiba tudo aqui.