Médicos Dentistas

Clínica Cyrne abre centro de formação em medicina dentária digital

Prestes a comemorar 15 anos de existência, a Clínica Cyrne, na Amadora, lançou-se este ano na aventura da formação, com a abertura da Digital Cyrne – Centro de Formação em Medicina Dentária Digital. A inauguração vai ser no dia 14 de dezembro, mas, até lá, a SAÚDE ORAL colocou algumas questões ao coordenador científico deste espaço e diretor clínico que dá nome à clínica, Filipe Cyrne.

Quando é que abriu a Clínica Cyrne e porque é que decidiram inaugurar este centro de formação em 2019?
A Clínica Cyrne abriu em 2005 e passados quase 15 anos de trabalho e dedicação aos nossos pacientes nasce um novo projecto: a Digital Cyrne – Centro de Formação em Medicina Dentária Digital. O nosso foco na Clínica Cyrne foi sempre prestar um serviço de qualidade, personalizado a cada paciente e apostando em tratamentos de excelência.
Sempre seguindo esta linha orientadora, integramos atualmente uma das unidades mais modernas e completas na área da saúde oral no concelho da Amadora.
Ao longo destes anos temos vindo sempre a crescer e evoluir em termos de equipa, de serviços e de equipamentos tecnológicos.
Fomos umas das primeiras clínicas do País a ter CBCT. Oferecemos essa valência de imagiologia digital há oito anos, desde que esse tipo de equipamento foi introduzido no mercado.
A par da aquisição destes novos equipamentos e apostando na formação e na atualização contínua dos nossos médicos, surgiram também serviços inovadores como, por exemplo, o tratamento ortodôntico com alinhadores invisíveis, o fluxo totalmente digital nos tratamentos reabilitadores e a técnica de cirurgia guiada de implantes.
Porque sentimos que a medicina dentária caminha já na era digital, decidimos apostar na formação específica nesta área, por forma a auxiliar os colegas na adaptação e transição do mundo analógico para o mundo digital.
Oferecemos por isso cursos de “scaneamento” intraoral, impressão 3D, cirurgia guiada de implantes, utilização de softwares CAD-CAM, planeamento, confeção de alinhadores ortodônticos invisíveis, entre outros.
É um enorme desafio, a possibilidade de utilização de novos meios tecnológicos e de novos materiais. Atualmente, desde o planeamento à execução, tudo passa por software, por computadores e pelo mundo digital.
No dia 14 de dezembro, será inaugurada oficialmente a Digital Cyrne com um workshop inaugural lecionado por mim, com a temática “Provisórias imediatas e cirurgia guiada de implantes”.

Pretendem manter apenas o foco no digital?
Sim, o nosso foco é o “digital”. Esta área é já uma realidade e temos a certeza de que a evolução da medicina dentária vai nessa direção.
Uma grande parte dos colegas médicos dentistas têm poucos conhecimentos nesta área, visto que são conteúdos que até há pouco tempo não faziam parte da estrutura curricular do curso de medicina dentária.
Queremos, por isso, ser uma mais-valia nesta área e colocar o “digital” ao alcance de todos os profissionais de saúde oral.

Quem é que leciona as vossas formações e onde é que estas são dadas? Têm instalações próprias na vossa clínica? Para quantas pessoas no máximo podem organizar estas formações?
Criámos um Centro de Formação com cerca de 100 m2 que fica contíguo à Clínica Cyrne, e que nos permite, por exemplo, realizar cirurgias ao vivo com visualização em direto na sala de formação.
A sala de formação tem capacidade máxima para 18 alunos e os cursos são construídos com componente teórica e prática.
Disponibilizamos aos nossos formandos recursos e meios áudio visuais de última geração, como por exemplo, Wi-fi de alta velocidade, LCD 4K de grandes dimensões, microscópio visualizador HD e vídeo 4K em direto.
Além destes recursos, dispomos de um laboratório 3D integrado, com cinco impressoras 3D e scanner intraoral digital, onde os alunos poderão realizar sessões hands-on e contactar diretamente com o mundo digital.
No caso dos cursos de Cirurgia Guiada de Implantes, estes serão lecionados por mim. Nos restantes cursos, iremos contar com formadores de vasta experiência nacionais e internacionais.

Filipe Cyrne

Fazem também cursos para assistentes dentários. Havia esta lacuna no setor da formação?
Sim, com a introdução das novas tecnologias e a implementação de um workflow digital em reabilitação oral, também o assistente dentário ganhou um novo papel e passou a desempenhar novas tarefas.
Existe por isso uma necessidade de formação adaptada a estes novos contextos. Sentimos que seria uma mais-valia criar cursos direcionados para os assistentes para que eles adquiram esse know-how e se destaquem nas suas equipas de trabalho.
Com o curso Assistente Dentário Digital, criámos a possibilidade de os assistentes dentários evoluírem e se especializarem na sua carreira profissional.
Em fevereiro está agendada a 1.ª Edição do Curso Assistente Dentário Digital e estamos já muito satisfeitos com o feedback que temos tido por parte dos interessados, podemos já dizer que temos mais de 50% das vagas preenchidas.
É com este projeto ambicioso e inovador que a Digital Cyrne irá contribuir para o desenvolvimento da medicina dentária digital em Portugal.