Cientistas chilenos desenvolvem molécula que elimina cáries dentárias

Cientistas chilenos desenvolvem molécula que elimina cáries dentárias

Dois investigadores chilenos desenvolveram uma substância – Keep 32 – que consegue eliminar todas as bactérias que corroem o esmalte dentário, podendo tornar-se numa ferramenta de combate à cárie.

Segundo o PTJornal, um dos cientistas, Erich Astudillo, acredita que esta solução “poderá ser incorporada em pastichas elásticas, mas também em produtos como pastas de dentes, elixires bucais ou até fio dental”.

A molécula, cujo número 32 na designação alude ao número de dentes na arcada dentária, foi desenvolvida por Erich Astudillo, da Universidade de Santiago (Chile) e também diretor da Top Tech Innovations (empresa que financia a investigação) e José Córdova, da Universidade de Yale (EUA), a partir duma molécula que extermina a streptoccocus mutans, bactéria que transforma o açúcar em substâncias prejudiciais para o esmalte dentária.

O produto vai agora ser testado em pacientes humanos e, caso os resultados sejam positivos, a Keep 32 pode chegar ao mercado ainda este ano.