Saúde Oral

Centro de Estudos da Mundo a Sorrir debate saúde oral e doenças crónicas

Centro de Estudos da Mundo a Sorrir debate saúde oral e doenças crónicas

O III Simpósio do Centro de Estudos da Mundo a Sorrir (C.E.M.A.S.) realiza-se no próximo dia 17 de março, na Santa Casa da Misericórdia do Porto, e colocará em debate a ‘Saúde Oral e as Doenças Crónicas’.

“Nas últimas décadas, o estado de saúde da população portuguesa melhorou consideravelmente. Vivemos mais, mas com menos qualidade de vida após os 65 anos de idade, observando-se observam-se socioeconómicas vincadas na prevalência das principais doenças crónicas ou não-transmissíveis e seus fatores de risco (State of the Health in the EU, 2017). Os cuidados de saúde primários, também se destacam, nomeadamente nos seus esforços preventivos, com resultados positivos na gestão de internamentos evitáveis, como a asma, a doença pulmonar obstrutiva crónica e insuficiência cardíaca. Mas apesar da abrangência e das melhorias dos serviços de saúde, a Saúde Oral permanece negligenciada”, explica o C.E.M.A.S em comunicado.

De acordo com o Centro de Estudos da Mundo a Sorrir, alguns dos problemas de saúde oral mais frequentes partilham fatores de risco com as principais doenças crónicas, sendo muitas delas as principais causas de morte em Portugal.

O III Simpósio do C.E.M.A.S contará, por isso, com vários especialistas nacionais e internacionais de várias áreas da saúde e saúde oral que irão debater os problemas de saúde oral e as doenças não transmissíveis, as desigualdades observadas na distribuição dos seus determinantes e consequências e o que pode e está a ser feito para a sua prevenção.

É o caso de Wagner Marcenes, Ricardo Fontes-Carvalho, Agostinho Marques, Alexandra Bento, Mário Simões e Alcindo Maciel Barbosa. Saiba tudo sobre o simpósio aqui.