Saúde

Amazon prepara-se para distribuir medicamentos

Amazon prepara-se para distribuir medicamentos

Em junho deste ano já se especulava que a gigante de e-commerce Amazon poderia estar a preparar a sua entrada no mercado farmacêutico, com a intenção de começar a vender medicamentos na sua plataforma. E de acordo com as mais recentes notícias, a ideia deverá mesmo avançar, uma vez que a empresa conseguiu as licenças necessárias para a distribuição de medicamentos em vários estados dos Estados Unidos da América.

De acordo com a imprensa nacional, o potencial da operação logística do retalhista poderá torná-lo num concorrente à altura para outros players na distribuição de medicamentos naquele país, como a Walmart e a CVS.

Além disso, o fator preço pode revelar-se uma grande vantagem para a Amazon, que poderá conseguir atrair pacientes sem seguros de saúde.

A Amazon tem vindo aos poucos a aumentar a sua influência na área da saúde. Recentemente, o retalhista comprou a Whole Foods por cerca de 13,7 mil milhões de dólares, um retalhista alimentar conhecido pela sua aposta nos biológicos e nos produtos frescos.