Saúde

Algarve tem mais 330 profissionais de saúde do que em 2015

Convenção Nacional da Saúde arranca esta quinta-feira

O número de profissionais de saúde do Serviço Nacional de Saúde no Algarve tem vindo a aumentar nos últimos três anos. De acordo com os números revelados pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve, atualmente trabalham nos cuidados de saúde primários e hospitalares algarvios 6000 profissionais de saúde, mais 330 do que no ano de 2015.

A publicação regional ‘Diário Online Região Sul’ revela que no início deste ano, a região do Algarve contava com mais 193 médicos de diversas especialidades, mais 117 enfermeiros e mais 19 técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica do que em 2015. Para além disso, a taxa de cobertura de utentes com médico de família na região também tem vindo a aumentar nos últimos dois anos, nomeadamente com a entrada de mais 25 médicos de Medicina Geral e Familiar para dar médico de família a cerca de 47 500 utentes.

Destaque ainda para a entrada de profissionais de Medicina Dentária nos três Agrupamentos de Centros de Saúde (ACeS) do Algarve e para a entrada de 45 especialistas no Centro Hospitalar Universitário do Algarve.

Para 2018, diz a publicação regional, os objetivos passam pela “contratação de mais médicos, mais enfermeiros, mais profissionais das várias áreas, na abertura de mais Unidades de Saúde Familiar, mais Unidades de Cuidados na Comunidade, para reforçar a cobertura de utentes com médico de família, tornando o SNS mais resolutivo, coeso e cada vez mais próximo das pessoas, através do SNS + Proximidade.”