Saúde Oral

Dentistas irlandeses alertam: “Não ignorem um abcesso, uma infeção gengival ou uma lesão dentária”

doenças das gengivas

No final de janeiro as redes sociais, os blogs e os principais meios de comunicação foram inundados com notícias que davam conta da morte de um jovem de 26 anos depois de uma infeção dentária não tratada se ter espalhado para os plumões. A notícia alarmou a sociedade civil e precipitou uma série de alertas por parte da comunidade médico-dentária, como é o caso da Irish Dental Association (IDA), que defendeu na passada semana que as pessoas devem “priorizar a sua saúde oral” e não ignorar as dores dentárias, as infeções gengivais e o trauma oral.

De acordo com o Dental Tribune, que cita P.J. Byrne, presidente da associação, os dentistas irlandeses defendem que se trata de uma “terrível tragédia” que poderia ter sido evitada caso a infeção oral do paciente tivesse sido tratada.

“Apesar das mortes devido a infeções dentárias serem raras, esta tragédia sublinha o facto de que as infeções dentárias e gengivais não tratadas podem levar a outras complicações de saúde e ter consequências fatais. A prevenção é chave. Não ignorem um abcesso, uma infeção na gengiva, um inchaço ou uma lesão dentária e visitem o vosso dentista sempre que tiverem uma preocupação”, refere o presidente da Irish Dental Association.

A consciencialização das pessoas para a importância da saúde oral, nomeadamente ao nível do impacto que pode ter na saúde em geral, tem sido uma das maiores batalhas dos médicos dentistas.