Saúde Oral

Dentes dos portugueses estão mais saudáveis

check-up dentário

A Direção-Geral da Saúde já divulgou os resultados da terceira edição do ‘Estudo Epidemiológico Nacional das Doenças Orais, um documento que traça um retrato do estado de saúde oral dos portugueses.

Com uma amostra constituída por 6315 pessoas de cinco Administrações Regionais de Saúde diferentes, assim como das Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira, o estudo revela que face à última edição registaram-se algumas melhorias na saúde oral dos portugueses.

De acordo com os resultados, o índice CPOD (dentes cariados, perdidos e obturados) aos 12 anos era em 2013 de 1,18, um valor inferior aos 2,95 registados no ano de 2000 e aos 1,48 registados em 2006.

Por outro lado ficamos ainda a saber que existem mais jovens com gengivas saudáveis: em 2006, aos 12 anos, cerca de 29% dos jovens tinham gengivas saudáveis, e aos 18 anos, 22% tinham gengivas saudáveis. Em 2013, as percentagens sobem para 51,7% aos 12 anos e para 41,8% aos 18 anos.

Aumentou também a percentagem de crianças e jovens que escovam os dentes à noite antes de deitar: em 2006, aos 6 anos, era de 35%, aos 12 anos, era de  51% e aos 15 anos, era de 45%; em 2013, aos 6 anos, essa percentagem era de 84%, aos 12 anos, 87% e aos 18 anos 84%.